1906

1906

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Liga Europa: Sporting 0 - 0 Wolfsburgo

Frustado. Para vencer jogos é preciso marcar golos.

Orgulhoso. A equipa deu o que podia. Com esta atitude até ao final da época, acredito no segundo lugar e na conquista da Taça de Portugal.

Um assunto mais presidencial,

A recuperação dos passes é essencial. Tenho de confirmar a lista completa e deixar aqui. Provavelmente esta recuperação significa também vendas. Vamos ver.

     Saudações Leoninas

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Liga Europa dia 26.02 20h05: Sporting - Wolfsburgo


Lista de convocados:

Guarda-redes: Rui Patrício e Marcelo Boeck;

Defesas: Cédric, Miguel Lopes, Paulo Oliveira, Tobias, Naby Sarr e Jonathan Silva;

Médios: André Martins, William Carvalho, João Mário, Adrien, Rosell e Ryan Gauld;

Avançados: Slimani, Montero, Capel, Carrillo, Tanaka, Carlos Mané e Nani.

Hoje não vou ao estádio. Mas vou apoiar e sofrer. Vou acreditar até ao fim. Somos nós que merecemos passar e somos nós que vamos passar.

O meu onze:

GR: Rui Patrício;

Defesas: Cédric, Paulo Oliveira, Tobias e Jonathan Silva;

Médios: William Carvalho e João Mário.

Avançados: Carrillo, Nani, Tanaka e Slimani.

É para ganhar porque em Alvalade mandamos nós! Basta pensar assim.

    Saudações Leoninas

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Jefferson castigado.

Começa a ser demais. Mais uma vez aguardo esclarecimentos.

Estamos sempre com casos ou pessoas que tudo sabem ou casos novamente.

É cansativo. Resta esperar por mais informação ou pela convocatória.

      Saudações Leoninas

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Sporting 2 - 0 Gil Vicente (Tanaka e Nani)

Já está. Custa assim tanto vencer?

Eu sei que as equipas se fecham, mas nós somos o Sporting e em casa temos de vencer sempre.

Não foi um jogo bom do Nani. Desculpem qualquer coisa, mas não foi. O golo sim. Foi mágico, especial e daqueles que arranca sorriso a qualquer um. Para o 77 deu para chorar. Não sabemos o que se anda a passar na vida pessoal.

Na primeira parte estivemos apáticos. Parados e sem ideias. Tivemos oportunidades mas faltou qualquer coisa.

Na segunda parte mostrámos mais futebol e poderíamos ter vencido por mais golos. 

Cada vez gosto mais da dupla Paulo/Tobias. O Paulo é um patrão, não inventa e quer sempre sair limpo. 

Também falo sobre Jefferson. Fez uma excelente exibição e mostrou um pulmão inacreditável, merecia um golo também. Miguel Lopes também quis mostrar serviço.

Tanaka ganhou pontos. Mas Slimani faz tanta falta.

William, voltaste. És o maior.

Obrigado pela maravilhosa casa de 42.098 adeptos. Quinta-feira é mais uma grande batalha.


Saudações Leoninas

Próximo jogo dia 22.02 18h15: Sporting - Gil Vicente

Lista de convocados: 

GR: Rui Patrício e Marcelo Boeck;

D: Miguel Lopes, Paulo Oliveira, Tobias Figueiredo, Naby Sarr, Jefferson e Jonathan Silva;

M: William, Oriol Rosell, Adrien, João Mário, André Martins, Ryan Gauld, Carrillo, Carlos Mané, Capel e Nani;

Av: Montero e Tanaka.

Meus amigos leões, 

estou farto de não vencer. Quero ganhar este jogo sem deixar qualquer margem para dúvidas. Quero sair sem voz por gritar bem alto.

Hoje é para vencer, sem medo. Temos de pensar nos amarelos do William e do Adrien. 

O meu onze para hoje:

GR: Rui Patrício;

D: Miguel Lopes, Paulo Oliveira, Tobias Figueiredo e Jefferson;

M: João Mário, André Martins e Ryan Gauld; 

Av: Carrillo, Carlos Mané e Montero.


É para vencer. E eu vou lá estar!





Saudações Leoninas



Depois de uma pausa...de regresso!

Fui de férias. Aproveitei para ficar afastado do futebol. 

Fiquei muito aborrecido com aquele empate miserável contra os rivais. Pior que isso, o jogo com o Belenenses foi uma anedota. 

Ainda tive que me chatear porque descobri que o Patrício fazia "frangos" de dois em dois jogos. 

Confesso que não peguei em desportivos nem vontade tive de acompanhar o futebol português. 

Vi o jogo com o Wolfsburg. Fiquei chateado com o João Mário por ter falhado aquele golo de cabeça que faria toda a diferença. Não fiquei surpreendido por mais uma vez ver que com as equipas alemãs as regras são diferentes. Ou então é porque somos portugueses, porque no dia anterior com outros também não "viram" um penalti. 

Voltei hoje a acompanhar o que se passa e a escrever. Só não vou dar parabéns antecipados porque isso é feio. Vocês todos sabem do que estou a falar, e é tão nítido que não existe uma pessoa que o possa negar. Não digo que existem pagamentos, digo que assim não tem qualquer interesse ver futebol. 

Hoje pelas 18h15 em Alvalade exijo uma vitória. Daquelas claras e sem margem para dúvidas. 

Eu vou lá estar. Mas sobre isso, falo no post seguinte.




Saudações Leoninas

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Parabéns Professor!

Imagem: www.facebook.com/groups/viversporting1906/










Saudações Leoninas







PS: O pessoal dos very light paga menos, tudo normal!

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Tu é que és um folclore!

Cada vez que sou atingido com palavras de tal pessoa fico enojado. Pode ser o melhor ser humano do mundo e apenas encarnar na personagem. Não deixa de ser um gajo que é alvo de todo o tipo de ataques e mal dizer, porque o merece.

Eu só gostava de saber se acham correcto o festejo de um assassinato, ainda que involuntário mas assassinado, com todo o mundo a ver. Inclusive a família do falecido Rui Mendes deve ficar bastante satisfeita com tamanha "homenagem".

Cortem relações. Aquilo não pode ser o nosso rival, porque se for não passam de imaturos, cobardes e outros tantos adjectivos.

Começo a acreditar que alguns dos meus amigos do clube rival são excepção. Tive sorte.

Retirado de sporting.pt:

"Face aos graves acontecimentos do passado fim-de-semana e hoje reiterados pelo porta-voz oficial do SLB, vem o Sporting Clube de Portugal informar o seguinte:

1. O Sporting Clube de Portugal é uma instituição centenária que sempre pautou a sua conduta na defesa de valores, em que a vida humana é um bem inalienável. É ainda um promotor de uma salutar prática desportiva, no respeito de princípios éticos e de urbanidade, nunca esquecendo o relevante papel que desempenha na nossa sociedade. Por isso naturalmente, quando, em 5 de Setembro de 2013, o Sporting Clube de Portugal tomou conhecimento de um incidente que envolveu uma carrinha que transportava elementos do staff do SLB, junto ao Estádio José Alvalade, emitiu de imediato um comunicado onde afirmou categoricamente que “condena e demarca-se de qualquer acto de violência, dentro ou fora dos recintos desportivos”;

2. No passado sábado, dia 7 de Fevereiro, no pavilhão da Luz, durante o jogo de futsal entre a equipa da casa e o Sporting, foi exibida a toda a largura de um dos topos das bancadas uma faixa com a inscrição: “Very light 1996”. Esta inqualificável frase é uma alusão ao bárbaro assassinato do adepto leonino Rui Mendes, na final da Taça de Portugal, com recurso a um ‘very light’ lançado por um adepto do Benfica;

3. Para além de ostentarem a referida faixa, os adeptos do Benfica fizeram acompanhar a exibição da mesma com cânticos, entoando “amanhã há mais”, numa clara ameaça de repetição do acto;

4. No pavilhão encontrava-se a assistir ao jogo o presidente do SLB que visualizou a referida faixa e não tomou qualquer medida na altura, nem o SLB emitiu nenhuma declaração a repudiar veementemente esta alusão a um assassinato;

5. Durante o ‘derby’ de domingo, no Estádio José Alvalade, as ameaças proferidas na véspera (“amanhã há mais”) vieram a concretizar-se com o lançamento indiscriminado por parte dos adeptos do SLB de artefactos pirotécnicos sobre os adeptos do Sporting, numa tentativa inqualificável de repetir o condenável episódio de 1996;

6. Infelizmente, Rui Mendes partiu tragicamente mas deixou a sua família entre nós. Pelo que, como se não bastasse todo o sofrimento com o assassinato do seu ente querido, vê-se agora a família enlutada confrontada de novo com o reviver da dor, com provocações absurdas e a prática de actos bárbaros e criminosos, por parte de adeptos do SLB;

7. Quando se esperaria, pelo mais elementar bom-senso, uma declaração de reprovação e demarcação, por parte dos órgãos dirigentes do SLB, vem o seu porta-voz oficial, numa comunicação grave e totalmente irresponsável, qualificar toda esta situação denunciada pelo Sporting de “folclore”. Repetimos o que enunciámos anteriormente para que fique bem claro do que se trata: o assassinato de Rui Mendes, as ameaças de repetição da selvajaria e a concretização de agressão com engenhos pirotécnicos de adeptos do Sporting por parte de adeptos do SLB. E para se ter bem a noção da gravidade deste caso, realce-se que por se tratarem de engenhos explosivos, este arremesso para cima de pessoas também constitui uma tentativa de homicídio;

O Sporting Clube de Portugal tem lutado de forma isolada por alterações fundamentais no futebol e no desporto onde o fair-play, a verdade desportiva e a alteração de regulamentação são determinantes para a credibilização de uma actividade que movimenta milhões de pessoas.

Face a tudo que foi anteriormente relatado e em prol da defesa dos mais elementares valores humanos e da dignidade do Sporting Clube de Portugal, não nos resta outra alternativa que não seja o corte de relações institucionais com o SLB e levar estes casos às entidades competentes, levando os mesmos, até às últimas consequências.

Lisboa, 10 de Fevereiro de 2015

O Conselho Directivo do Sporting Clube de Portugal"

Um vintém é um vintém, um cretino é um cretino.

     Saudações Leoninas

O dia depois

Sim, já percebi que empataram no fim e que são os maiores. Já ouvi que são os maiores que os "Olé" levaram uma estocada. 

Tudo isso para mim é igual a nada. Empatámos o jogo e eu sinto uma enorme frustração. Mas isso não me vai fazer ser menos do Sporting. Isso não me vai fazer pensar que não conseguimos lá chegar.

Como disse o homem sem escrúpulos, "...conseguiu fazer, conseguiu conseguir parar o Benfica", e isto é que interessa.

O que temos de fazer é cerrar os dentes e partir para todos os jogos como se fosse o último e como se os três pontos fossem a maior necessidade do mundo.

Vamos fazer crescer mais o Sporting e permitir mais casas como a que assistimos no Domingo. 

O Sporting é nosso e eu quero o Sporting a vencer. E a mentalidade mudou, não ficamos contentes com empates Queremos vitórias e mais vitórias.

Isto é o Sporting, e eu sei que estou a ser repetitivo mas é mesmo assim. Esforço, Dedicação, Devoção e Glória. 

É para isto que trabalhamos. Os atletas em cada campo, pavilhão ou pista e nós na bancada.

Eu hoje ainda sou mais sportinguista que ontem. E tu?




Saudações Leoninas


Uefa Futsal Cup, Sporting - Barcelona.

domingo, 8 de fevereiro de 2015

Sporting 1-1 Benfica (Jefferson)

Na época de 2001/2002 tivemos uma eliminatória da Taça de Portugal. Jardel não podia jogar e empatámos o jogo. Tivemos um segundo jogo, na altura era assim, e já ganhámos.

Este ano contra a Académica, jogámos muito futebol e só no final conseguimos marcar. Vencemos o jogo, mas apenas por um.
Contra o Moreirense, empatámos e na segunda parte devíamos ter ganho o jogo. Não conseguimos.

Só quero dar o exemplo que com oi sem Slimani é complicado vencer equipas com anti-jogo, fechadas e que jogam para o ponto.
Parabéns ao nosso adversário que tal como o Belenenses, Paços ou Moreirense conseguiram o objectivo.

Sportinguistas,

apesar da dor e do sentimento de frustração e raiva, eu próprio não aceito estes golos e acho que são de uma falta de profissionalismo incrível, mas estou tranquilo.

O adversário limitou-se a defender e nós tivemos uma oportunidade única de vencer. Isto não pode acontecer, e cinco empates em casa não são de equipa que queira ser campeã.
Seja como for, eu hoje durmo com a verde e branca.
   

Saudações Leoninas



 








PS: digam ao anormal que o guarda redes deles tirou duas bolas nos dois lances mais perigosos do jogo.

Próximo jogo dia 08.02 20h00: Sporting - Benfica

Atenção!

Hoje é dia do jogo em que todos queremos participar. Que a maior parte levava um cartão vermelho ao fim de um minuto para defender a verde e branca com o leão rampante no peito. 

Sportinguista que vais estar em Alvalade,

hoje é a voz de todos os que não puderam estar presentes. És tu que vais ter de puxar pelos nossos jogadores quando estiverem cansados, quando a bola não entrar. Vais ser tu a gritar golo tão alto que até os adversários vão querer ir embora. Por mim e por todos os que não vão estar. Grita, puxa, salta, bate palmas e acima tudo empurra a equipa para vitória. 

Sportinguista que não podes estar no estádio,

este também é para mim. Vais estar em casa, no café ou a acompanhar pelo rádio. Se estiveres a trabalhar vais tentar sempre espreitar como está o resultado. Vais sofrer e gritar para a televisão ou para o rádio, vais dar dicas e ficar impaciente porque tinhas vontade de estar no estádio e ser a voz mais alto se ouvia. Quando for golo vais fazer tremer a tua casa, o café ou onde quer que estejas. Vamos festejar ainda mais. Vamos empurrar a equipa para a vitória. 


Este é o jogo que todos jogamos uns contra os outros na escola, nos matraquilhos, no PES e no FIFA. É o jogo que o meu avô me ensinou a ver do lado verde e branco. 

Hoje é o pontapé para a frente. É só continuar a acreditar e fazer o que nos compete. No fim, fazemos as contas. E que elas sejam com o Leão Rampante no peito.

Lista de convocados:

GR: Rui Patrício e Marcelo Boeck;

D: Cédric, Miguel Lopes, Paulo Oliveira, Tobias Figueiredo, Naby Sarr e Jefferson;

M: Oriol Rosell, William Carvalho, Adrien, João Mário, André Martins, Carrillo, Carlos Mané, Capel e Nani;

Av: Montero e Tanaka.


O meu onze:

GR: Rui Patrício;

D: Cédric, Paulo Oliveira, Tobias Figueiredo e Jefferson;

M: William Carvalho, Adrien e João Mário;  

Av: Carrilo, Nani e Montero.

Hoje em Alvalade os três pontos são nossos e mal a quem pense o contrário. Hoje vamos rebentar isto tudo e vamos ficar mais perto do sonho! 


Viva o Sporting!





Saudações Leoninas

sábado, 7 de fevereiro de 2015

Fim do Blackout!

Acho que o presidente demorou muito tempo para responder. Mas finalmente chegam os esclarecimentos.  Declaração abaixo retirada de sporting.pt

"A atenção dos Sportinguistas este fim-de-semana está focada nos diversos ‘derbies’ e competições europeias. Como sempre afirmei, para termos sucesso devemos sempre querer mais do que os outros.

Aconteça o que acontecer amanhã, não tenho a menor dúvida que este projecto, estrutura, treinador, equipa técnica e atletas darão grandes alegrias aos Sportinguistas.
Face ao enorme ruído que existia em torno da vida interna da nossa instituição, foi necessário manter uma fase de maior reserva. Um momento aproveitado para uma reflexão intensa e sem interferências do exterior, mas com a necessária capacidade de pensar, reorganizar e agir.
Foi isso que fizemos e, neste momento, esse período foi ultrapassado, tal como as restrições à comunicação social, anunciadas no comunicado do Sporting Clube de Portugal do último dia 22 de Dezembro.

Mas este é também o momento de abordar alguns temas que estiveram em destaque durante este período, de forma a colocar um ponto final sobre estas questões. Sobre essas mesmas questões, vou falar pela última vez.

Contrariamente ao que foi por veiculado por alguns, o treinador Marco Silva nunca foi despedido. Repito: nunca foi despedido do Sporting Clube de Portugal. Foi mesmo com bastante espanto que tomámos conhecimento das inúmeras notícias que deram eco ao mesmo. Tudo isto motivou que, a certa altura, se vivesse de facto um período de tensão, mas mais pelo que se dizia do que pelo que realmente se passava no dia-a-dia do Clube.

Em todas as organizações, é necessário afinar estratégias e objectivos. No Sporting Clube de Portugal, também assim é. Ao longo da época foi necessário fazer alguns ajustamentos, pois a integração de um novo treinador, num Clube da dimensão do Sporting, não é simples e obriga a um esforço de todas as partes envolvidas para se atingir os fins pretendidos.

Marco Silva tem contrato até ao final da época 2018/19. É um excelente treinador, jovem, que vive a sua primeira experiência num Clube com a dimensão do Sporting. Aliás, foram estas as características que me levaram a fazer esta aposta e que me fazem mantê-la, para um futuro largo, com a mesma convicção inicial de que juntos iremos dar muitas alegrias aos Sportinguistas.

- Outro tema que também quero encerrar e que já fui muito claro: não mandatei ninguém para qualquer assunto relacionado com o treinador. Os Sportinguistas já me conhecem e sabem que digo sempre o que tenho para dizer, com frontalidade e sem necessitar de intermediários. Querer alimentar um suposto episódio onde pedi a José Eduardo para atacar o treinador do Sporting não faz sentido nenhum. Como é público, o José Eduardo já percebeu e reconheceu que se excedeu. As várias intervenções que fez fizeram muitos Sportinguistas pensar que o mesmo estaria escudado em mim, nas suas intervenções, mas tal não corresponde de todo à realidade.
Como já disse nunca deixarei de fazer o que sempre fiz e que foi dos grandes ensinamentos que os meus pais me deram: ser claro, directo e frontal, seja com quem for e em qualquer situação.

- Outro assunto que quero deixar bem esclarecido, para que não restem quaisquer tipo de dúvidas: tenho, como qualquer cidadão, o direito de me defender nos tribunais daqueles que me difamam e dizem ser possuidores de fontes e provas que me podem incriminar.
Uma coisa é uma salutar divergência de opiniões e diferentes perspectivas sobre a vida de qualquer instituição; outra coisa, totalmente diferente, é a difamação. Não aceito fazer parte de uma sociedade que vive numa constante dúvida e numa permanente crise de valores e regras. Sei o que faço e não tenho receio de legitimamente o defender.

Assim, compreendam que quem nas suas intervenções atinja a difamação infame, terá naturalmente de responder na justiça, pois vivemos numa sociedade democrática
Esclarecidas e ultrapassadas estas questões que fazem parte do passado, vamos agora retomar os temas essenciais para os Sportinguistas e em que todos estão focados.
Temos de ser humildes, sempre com garra, uma intensidade muito forte e estarmos 100% concentrados. Se assim o fizermos teremos tudo para vencer.

Seja como for, quero deixar uma mensagem muito clara: aconteça o que acontecer amanhã, não tenho a menor dúvida que este projecto, estrutura, treinador, equipa técnica e atletas, sempre com o apoio do nossos Sócios e adeptos, nos darão grandes alegrias.
Temos enorme confiança no futuro porque temos enorme confiança no trabalho e no projecto que estamos em conjunto a construir.

O nosso projecto, rumo e prioridades estão claramente definidos.
Hoje, nas mais diversas áreas, são reconhecidos os resultados obtidos. É um Sporting forte, ambicioso e com os olhos postos no futuro.
Queremos que amanhã todos os Sportinguistas estejam, como sempre, unidos no apoio à nossa equipa, para que juntos sejamos mais fortes e possamos alcançar a vitória que todos nós desejamos.

Viva o Sporting Clube de Portugal!"


Amanhã é para vencer!




Saudações Leoninas

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Porque é quinta e temos o Jornal Sporting



O clima antes do jogo está ao rubro. Ninguém perde oportunidade de dar a sua opinião. 

Sportinguistas, todos sabemos que é o jogo do campeonato. Se não vencermos falhamos aqui uma grande oportunidade. Todos juntos.



Sobre a Liga Europa, estão agora também disponíveis para jogar Miguel Lopes, Rubio e Ewerton.

E para acabar, parabéns melhor do mundo!




Saudações Leoninas


terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

As últimas e uma sugestão

Slavchev foi emprestado ao Bolton Wanderers até ao final do ano. Vamos ver como se desenvolve. Parece-me que seja mais para tentar uma colocação definitiva do que outra coisa.

Ficámos a saber que temos um novo coordenador no futebol de formação:

"A Sporting SAD vem informar que Paulo Leitão é o novo Coordenador Técnico do Futebol de Formação do Sporting Clube de Portugal.
Paulo Leitão já desempenhou vários cargos no Sporting, entre eles, o cargo de treinador principal de vários escalões de formação, foi Coordenador Técnico da Formação do Sporting (Juvenis, Iniciados, Infantis e Escolas), exerceu funções na área de Recrutamento para o futebol profissional, tendo já conquistado vários títulos ao serviço do Sporting. Paulo Leitão é detentor do UEFA Pro Licence, bem como, do Certificado de Formador de Treinadores de Futebol da Federação Portuguesa de Futebol.
A Sporting SAD deseja os maiores sucessos pessoais e profissionais a Paulo Leitão." retirado de sporting.pt


Na semana de preparação do derby, hoje descobri este video. 
É de Zé Roberto, um jovem de 40 anos que não foi formado no Palmeiras e chegou lá esta época. E o resto devem ver e ouvir. É este o pensamento, é esta a ideia, é esta a motivação. Um bom exemplo. 






Saudações Leoninas


PS: Não me interessa o arbitro, quero vencer!

domingo, 1 de fevereiro de 2015

Arouca 1 - 3 Sporting (Montero, Carrilo e Tobias)

Não consegui avançar com o meu post de pré jogo.

Foi um jogo complicado e era uma vitória decisiva para afirma que o terceiro lugar já não vai fugir e que queremos lutar pela possibilidade de entrar nas contas do titulo. 

Vou ser sincero. Creio que a nossa equipa tem ali um problema de atitude. Não estou a dizer que não queríamos vencer, mas parece faltar ali alguém que grite e comande os jogadores. Falta o patrão que coloca a equipa a mexer e controlar o jogo. 

Também continuo a achar que o Marco Silva espera demasiado tempo para mexer na equipa, e a adeptos mais nervosos isso causa um sofrimento incrível.

Capel voltou a jogar, não esteve mal e parece que é a indicação que vai ficar no plantel até ao final da temporada.

Tobias, apesar da grande penalidade e de um "adormecimento", esteve muito bem e com o Paulo Oliveira está a criar uma boa dupla. Não sei se são os melhores do mundo, mas podem crescer e dar muitas alegrias.

Grande vitória. Um coração que bateu a mil quando foi preciso. 


Trabalhar muito esta semana e preparem-se que Alvalade vai estar cheio. Tenho essa convicção. 



Saudações Leoninas