1906

1906

sábado, 3 de março de 2018

Fc Porto 2 - 1 Sporting


Não merecíamos. Não merecíamos nunca perder o jogo de ontem no dragão. Até podíamos empatar 3-3 mas perder isso nunca.

O Dumbia sofreu uma falta que noutros campos e noutros jogos é penalti. E não vale a pena vir com conversas. É falta e ponto final.

Recordo as oportunidades o Bryan, o Montero e o Leão. Depois de verificar que o número de amarelos foi igual dá para rir. E os técnicos do INEM? Qual foi a necessidade daquilo? Mas a caça é ao Coentrão, ninguém viu mais nada.

O discurso de treinador foi claro. São oito pontos e já andamos aqui há muito tempo. Haverá sempre esperança, mas será difícil.

Tendo acontecido o pior cenário, agora será necessário vencer os jogos todos do campeonato e no fim ver qual será a nossa posição. Sempre com aquela esperança, pequenina, mas presente.

Este Sporting em casa vai dar a volta na segunda mão da Taça de Portugal e vai ao Jamor levantar o caneco.

Este Sporting, com fome, vontade de vencer e sorte, poderá vencer a Liga Europa.

Se a época acabar com a conquista da Liga Europa, Taça da Liga e Taça de Portugal é um excelente ano. Mesmo acabando sem o mais desejado título seria uma época muito boa e, acho eu, uma força para conquistar o campeonato.    

Se a equipa pudesse jogar já hoje, todos o que queriam. Mas não pode. E até quinta, ainda vamos ter a mágoa de sentir que o campeonato foi embora. Ontem foi quase o ponto final, mas os empates com Setúbal e Moreirense foram muito problemáticos.

Um Sportinguista não desiste e acredita sempre, mas também não é cego e não tem paciência eterna. Um Sportinguista apesar de não concordar com estratégias ou lideranças respeita sempre os outros, respeita os seus amigos e continua a viver a sua vida sempre com o leão rampante no peito.

Eu sou Sportinguistas, tenho amigos Sportinguistas. Discordamos nos meios, mas queremos todos que acabe da mesma maneira.

Bom fim-de-semana. Até quinta.

SL

quinta-feira, 1 de março de 2018

Amanhã, é dia de Sporting

Amanhã é dia dos amigos se juntarem, dos namorados pedirem aos seus amores para esperarem um bocadinho que vai jogar o Sporting. Eu não, que a Sara é sportinguista. 

É dia de ir jantar fora com amigos dos clubes rivais e alguns que vão apenas tentar encher-nos a cabeça durante o jogo. 

É dia de discutir Sporting antes do jogo, durante o jogo e depois do jogo até de madrugada. 

Acima de tudo, é um dia muito importante nas ambições do Sporting no campeonato. Sair a dois, cinco ou oito fará uma grande diferença, sem esquecer que o rival com o qual partilhamos a cidade vai querer ganhar pontos seja a quem for, preferencialmente aos dois. 

Mesmo sem o Gelson temos de jogar com a nossas armas, O plantel do Porto era limitado e olhem para o que o Sérgio anda a fazer. Até o Dalot joga. Portanto a nossa equipa tem de dar tudo e o mister não pode ter medo de lançar as pedras disponíveis. 

É preciso sair do dragão com a vitória. E depois? Depois será vencer todos os jogos até ao fim e fazer as contas. 

Amanhã é dia de discutir com os amigos. Amanhã é dia de pedir desculpas a namoradas e namorados. Amanhã é dia de sentir, de viver e ser livre pelo Sporting. No estádio, no café, numa conversa ou num grupo de Facebook.

Amanhã, é dia de Sporting. 


SL

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Sporting 1 - 0 Moreirense (Gelson)

Primeiro ponto: se não temos nenhum lateral direito na equipa B que possa jogar contra o Moreirense é porque não deve andar lá a fazer nada.
Segundo ponto: É preciso lembrar ao Gelson quem é que lhe paga o ordenado e que se calhar o Semedo não deve ver TV. Fez bem, queria descansar só pode. A camisola não podia ser mostrada depois do jogo acabar.
Terceiro ponto: Senhor Jorge Jesus, sacrifício foi o que eu fiz para ir a Braga ver o Sporting sofrer com o Vit Setúbal. Sacrifício é comprar a game box. Sacrifício é pagar a Sporttv. Sacrifício é fazer 400km para 90 minutos de treta. Sacrifício é ter de ouvir disparates como o que disse hoje. Sacrifício é comprar uma camisola de 80 euros.
Quarto ponto: Sacrifício é comparar os anos do Paulo Bento com estes e chegar a algumas conclusões engraçadas. Neste último ponto ainda pode dar a volta, mas veja lá que o Porto e o Benfica investiram bastante em grandes jogadores para estarem no topo. Eu sei que é difícil, mas tente sair do Dragão a dois pontos. Foi contratado para treinar e ganhar, não é para ensinar os Sportinguistas a ser do Sporting. Este clube não nasceu em Julho de 2015. Foi um bocadinho antes.

Em vez de falar da palhaçada da expulsão do Petro  e do jogo, fico a responder ao mister que vem ganhar milhões para em dois anos conquistar uma Supertaça. No final desta época logo se verá o resto, mas pelo menos com uma Taça da Liga já vamos. O recado é o mesmo do presidente. Vença o caneco, fazemos logo as pazes. 


SL

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Sopas depois de almoço

Comunicado retirado do facebook do Sporting CP: 

"Tendo em conta as condições colocadas pelo Presidente do Sporting Clube de Portugal na Assembleia Geral do passado dia 17, os comentadores Sportinguistas reconhecem que o sentimento da generalidade dos Sócios e Adeptos do Clube exigia esta tomada de posição.
O Presidente Bruno de Carvalho e os comentadores concordam que é fundamental defender o Clube, perante uma Comunicação Social que, genericamente, tem desrespeitado de forma sistemática a Instituição e o bom nome dos seus dirigentes, concluindo ser do interesse do Sporting CP que o Presidente mantenha, tal como até aqui, a defesa intransigente dos superiores interesses do Sporting CP pelos meios que entenda convenientes.
Os comentadores esperam que nos seus espaços de intervenção mediática, e na generalidade da Comunicação Social, não voltem a ser ultrapassados limites que ponham em causa o bom nome do Sporting Clube de Portugal, bem como do seu Presidente e restantes Órgãos Sociais.
A Direcção do Sporting Clube de Portugal
André Dias Ferreira
Augusto Inácio
Carlos Anjos
Eduardo Garcia
Fernando Mendes
Hélder Amaral
Jaime Mourão Ferreira
José de Pina
Litos
Luís Marques
Manuel Fernandes
Paulo Andrade
Rui Rigueiro"

E depois da AG, é ir tirando conclusões sobre o que foi dito. E como não chega um comunicado, fica aqui a mais recente resposta do presidente, retirado da página de facebook do mesmo:

"O Sindicato dos Jornalistas, o CNID e agora a Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERC), decidiram tomar partido contra o Sporting Clube de Portugal, na sequência da Assembleia Geral do Clube do passado dia 17 de Fevereiro.
Quando iniciei as funções no Sporting CP, foi evidente que as lutas que travei mexeram, e mexem, com muitos interesses no Clube e na Sociedade.
Vivemos num mundo de grupos, seitas, favores, cunhas, cartilhas e onde "uma mão lava a outra". Cada vez mais, a sociedade desenvolve a sua capacidade de sobrevivência onde a hipocrisia, chico-espertice e manipulação são as chaves principais.
A comunicação é só mais um desses vectores.
Numa semana em que é denunciado que, de forma propositada, um Twitter de um partido me atacou e, com isso, o Sporting CP, sem qualquer tipo de consequências, temos agora uma atitude parva e corporativista de umas instituições que nada fazem para bem do jornalismo português.
1. Sindicato dos Jornalistas? Mas quem é esta Sofia Branco? De onde veio? De que clube é? Onde estava quando o benfica ameaçou todos os jornalistas que falassem do caso emails? Para que necessitam os jornalistas de um sindicato que representa apenas cerca de 20% da sua classe? Que direito moral tem este sindicato de dizer, seja o que for, quando com um discurso meu normal tem uma atitude infantil e pressecutória e, ao mesmo tempo, estava um jornalista a ser verdadeiramente agredido no estádio da luz e ficaram calados? É por o jornalista em causa não ser sindicalizado, ou por quererem abafar novamente tudo o que, contra a lei, é feito no benfica?
2. E o CNID. Que raio de Associação é esta, cujo presidente Manuel Queiroz é um comentador residente de um programa desportivo na TVI, onde destila ignorância e veneno contra mim e contra o Sporting CP todos os programas? Mas que raio de isenção e profissionalismo é este? Mas quem é este senhor que nunca cumpriu, pelo menos relativamente ao Sporting CP, o Código Deontológico da sua profissão para fazer comunicados?
3. E agora a ERC? Mas estamos a falar da mesma ERC que ignora as denúncias factuais do Sporting CP? Que ignora existirem jornalistas avençados por clubes? Que ignora as verdadeiras campanhas de difamação, calúnia, injúria que se cometem em muitos orgãos de comunicação social? Que tem medo de tomar decisões sérias, e vem apenas fazer estes comunicados sem sentido e totalmente parciais apenas porque é para atingir o Sporting CP? Quem são estas pessoas? O que tem sido o seu trabalho real? O que têm contribuído para o bem da sociedade e de uma comunicação social séria, livre, justa, profissional, que cumpra a lei e o código deontológico da sua área?
Com esta atitude, a ERC violou o dever de equidistância e isenção que deve ser apanágio de qualquer regulador.
Como já disse nunca vi a ERC fazer qualquer espécie de intervenção pública quando, em programas de canais televisivos ou em jornais, são sistematicamente violadas todas as regras deontológicas do exercício do jornalismo promovendo calúnias, difamações, injúrias e ataques de carácter que visam apenas a destruição da honra e do bom nome do Sporting CP, meu e dos Órgãos Sociais do Clube.
A ERC decidiu, em tom ameaçador, vestir a pele de milícia popular e aliar-se ao Sindicato dos Jornalistas e ao CNID, numa lógica corporativa que atenta contra as mais elementares daquele que deve ser o papel do Estado. E fez pior, com esta tomada de posição pactuou com a manipulação e com a deturpação promovida pela Comunicação Social das minhas palavras.
A ERC faltou assim, outra vez, ao respeito ao Sporting CP e a mais de 3,5 milhões de Sportinguistas. E isso nós não podemos tolerar!"


Mais uma vez ler e tirar conclusões. Existem abusos sim senhor. Mas não me parece isto ou a tentativa de cobrança pública de cotas os melhores métodos. 

Amanhã temos jogo.





SL