1906

1906

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Sporting 1 - 0 Belenenses (William pen)



Para os autocarros e para o anti-jogo é este o maior castigo. Para o Sporting, espero que tenha sido uma lição. 

Estivemos ao nível do jogo na Albânia, em território nacional esta exibição foi a pior exibição. A equipa estava presa e sem ideias. Hoje mais uma vez ficou provado que os jogos da quinta-feira são "pesados". 

Ruiz apareceu num lance da primeira parte, e que grande golo era, e na segunda parte teve mais alguns momentos e pouco mais. João Pereira bem correu mas quase sempre sem consequências. William perde tantos passados que só o golo conseguiu esconder tão fraca exibição. Sinto-me aborrecido porque hoje a imagem que fica é de um grupo de jogadores sem forças, ou a correr sem orientação. 

As mexidas na equipa foram fáceis de prever e ficámos de coração apertado. Não podemos ter tanta bola sem matar o jogo, pois assim corremos o risco de mais cedo ou mais tarde perder pontos. Os corações de todos os adeptos sportinguistas batem a alta velocidade, principalmente quando observamos as estatísticas. Mas uma coisa é certa, até ao fim acreditamos e com sorte lá chegamos ao objectivo. 




O mais importante são os três pontos. Esses ficaram em Alvalade. O primeiro lugar continua a pertencer aos leões. 

Só mais uma nota. No próximo jogo, vamos jogar com Bryan Ruiz e Montero na frente de ataque. Provavelmente Téo não recupera, esperemos que Jefferson volte rapidamente, e no banco vamos ter apenas Tanaka. Bruno César já faz falta e precisamos que Gelson e Matheus apareçam como nunca. 

Precisamos de um "Joker". É o que falta para correr para o objectivo. 



Saudações Leoninas 













Sem comentários:

Enviar um comentário