1906

1906

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Liga dos Campeões: Sporting 0 - 1 Chelsea

Uma primeira parte péssima. Cheios de medo e de nervos, com bloqueios e  um William que esteve desastroso. Isso fez diferença. Sofremos um golo e não foram mais porque para além de capitão, está um rei na baliza. Logo aos dois minutos com o Diego Costa isolado mostrou o que ia acontecer.  

Na segunda parte entrámos com uma atitude diferente. Esticámos a corda ao máximo, mas com o Rui Patrício na baliza era possível acreditar que com sorte a bola poderia entrar. O Sporting deu tudo o que podia. Que orgulho em ser sportinguista.

Fica aqui uma prova para mim, e para todos, que temos uma equipa para fazer surpresas. Não vou admitir mais empates daqui para a frente. Saímos daqui com a moral em alta e com os maravilhosos adeptos leoninos que puxaram pela equipa. Alvalade esteve a vibrar como se tinha desejado.

Hoje gostava de falar sobre os jogadores de forma individual.

Maurício/Sarr: Não são a melhor dupla do mundo. As costas ficam completamente descobertas como se viu hoje. O coração tenta compensar o resto, e o hoje esse coração foi muito grande.

Cédric/Jonathan: São laterais ofensivos e cheios de garra. Se em relação ao português não me surpreendo, o argentino caiu no goto de todos nós. Nunca pensei que fosse titular, e provavelmente ganhou o lugar. Também com erros, mas os cruzamentos são muito bons.

William/Adrien/João Mário: O Sporting precisa urgentemente do William que jogou na época passada. Nota-se a diferença e quando ele aparece a espaços, o jogo é outro.  Os outros dois, deram tudo o que tinham e o nosso futebol cresce mais. Que diferença com o número 17. 

Carrillo/Slimani: Muito colectivo. O peruano tentou furar e ser jogador de equipa, que se mantenha assim. O argelino fez um jogo esforçado e apareceu sempre nos confrontos e nas tabelas.

Nani: É claramente o nosso melhor jogador, mas hoje parou o jogo muitas vezes. Percebo que fosse complicado mas ele tem de acreditar mais nos colegas.

Paulo Oliveira: Os melhores minutos com a verde e branca. Hoje parecia o central, que para mim pode ser titular.

Capel/Montero: Entraram para o risco. O espanhol apareceu duas vezes e Montero teve uma boa oportunidade para o empate. O golo vai surgir.

Rui Patrício: O melhor em campo. A imagem abaixo diz tudo. Obrigado por aguentares sempre.



Só mais uma coisa. O senhor do apito, Antonio Mateu, foi um perfeito fantoche. Os jogadores das equipas com jogadores mais caros também fazem faltas, merecem cartões e perdem tempo. Com um senhor mais sério, o Chelsea teria um penalti contra.


Amanhã vou andar de cabeça bem levantada. Obrigado rapazes. Essa atitude é obrigatória em todos os jogos.


Saudações Leoninas

Sem comentários:

Enviar um comentário