1906

1906

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Cansados mas felizes.

Depois de algumas criticas nas substituições, desta vez Leo Jardim acertou em cheio e mexeu no tempo certo.

Quando tira Carrillo ao intervalo, mostra que ninguém tem lugar garantido e que é preciso trabalhar para jogar. 

Quero-me focar no Carrillo. Para mim, é um problema. Detesto jogadores que têm tudo para serem estrelas, mas a cabeça não acompanha. Se eu pudesse fazer uma pergunta ao peruano seria: O que te motiva?

É esta a questão. O melhor período de Carrillo foi na época de Domingos. Ninguém se esqueceu das suas arrancadas e dos túneis aos adversários. Nunca mais vimos aquele futebol, apenas a espaços. É pouco. 

Tenho amigos meus que acreditam no potencial e defendem sempre este menino, mas eu estou farto. 

O Wilson Eduardo é mais limitado que o Carrillo, mas muito mais trabalhador. Também sei que com cinco minutos, o peruano pode resolver o jogo, mas precisamos dele pelo menos setenta.

Portanto, pela última vez, espero que o nº 18 encaixe, acorde e mostre o que tem a mostrar.


Agora vamos todos ver a Liga dos Campeões e desejar estar lá na próxima época. 


Saudações Leoninas 

Sem comentários:

Enviar um comentário