1906

1906

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Viva o Sporting!

No primeiro parágrafo de hoje, quero deixar bem claro que as declarações do Sr. Carlos Barbosa são culpa da comunicação social. Este senhor fez parte da direcção anterior, e saiu porque acha que o presidente não prestava. Agora vem atacar o actual presidente, dizendo que é um rapaz. Enfim. 






Sobre a conferência de imprensa,

"Os interesses do Sporting estão sempre acima de tudo e sempre dissemos que não vamos assinar acordos que colidam com esses interesses” e “Só nos move servir o Clube e não servir-nos do Clube”.

Isto é o mais importante. Não pode ser a qualquer preço, se não estaremos a cometer os mesmos erros.


"...existe negociação e se houver bom senso, as questões serão resolvidas rapidamente. Se não houver bom senso, as negociações vão continuando."

Parece-me claro que estamos a atravessar um período negro, pior do que esperávamos.  Nos últimos anos coisas estranhas têm vindo a acontecer no clube. Problemas com médicos que são despedidos porque não aprovam contratações, é uma delas. Ainda não me esqueci do Rodriguez e do Luís Aguiar. De qualquer maneira é necessário cabeça fria e capacidade de negociação. 


"Neste momento, continuamos as negociações com os parceiros bancários. Recordamos que no nosso programa propusemos a fusão da SPM (Sporting Património e Marketing) e da SAD, que está pensada, preparada, faltando terminar a negociação. Quanto à redução de custos e às receitas operacionais, o plano contempla que na próxima época, a SAD do Sporting Clube de Portugal e o Grupo SAD e SPM comecem já a dar lucro. A reestruturação organizativa está pensada e ajustada à realidade. Em termos da resolução da questão das VMCOs, a proposta foi entregue aos parceiros financeiros"

O plano é este. A solução para fugir ao fim e puxar o clube para o topo. Mas tudo isto será decidido em assembleia geral. O presidente também confirma que os investidores existem, mas sem a reestruturação não vão investir. Isto tudo me parece lógico, tal como manter os nomes em segredo para não fazer disparar juros. Eu acredito.

Acredito também que exista muita gente com medo da auditoria que se será efectuada aos últimos 17 anos de Direcções que passaram pelo clube. Isso poderá ser o que mais esteja a atrasar este processo. Não me parece que os Godinhho's e Riccardi's desta vida queiram que se mostre publicamente o que fizeram ao nosso clube.

"Temos a solução na nossa capacidade de trabalho. Vários elementos da Direcção saem de Alvalade, em média, às 2 da manhã e as pessoas não estavam habituadas a isso. Temos as soluções, mas ainda não sei fazer milagres. As pessoas votaram numa mudança e esta Direcção entrou com dois anos de atraso. Espero que as pessoas percebam que a paciência dos sportinguistas é curta."

Esta última transcrição mostra a vontade que estas pessoas têm de ajudar o clube.


Durante o esclarecimento vimos um homem a ponderar bem as palavras que poderia utilizar. Em frente a todos, pediu ajuda para confirmar se poderia ou não responder a uma ou outra questão. Isto é profissionalismo. Sabemos que é urgente esta reestruturação. A banca colocará bastante obstáculos. Temos de aguardar. 

A frase mais importante, para mim é:

"Está tudo dado como garantia. Por muito dinheiro que entre no Sporting, se as pessoas não quiserem, não há nenhum."

E repetiu, "Está tudo dado como garantia."

Isto deixou-me preocupado. Também terá preocupado todos os sportinguistas que realmente se preocupam. 


Para acabar,

quando a jornalista Andreia Palmeirim do CM TV falou, ouviram-se apupos e ofensas. O presidente, e bem, pediu calma e serenidade. A casa é nossa mas não podemos baixar o nível e ser iguais. 

O presidente e a equipa precisam de estabilidade para trabalharem. O que nós, os adeptos, podemos fazer é não permitir mais faltas de respeito desses jornais, com os nossos sites e blogues.

Viva o Sporting Clube de Portugal.

Saudações Leoninas  



   
Fonte: www.sporting.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário