1906

1906

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Benfica 2 - 0 Sporting


Quero começar por dizer que não vou escrever sobre árbitros. Os sportinguistas ficaram aborrecidos com o que aconteceu, e os benfiquistas dizem que não se marcou, logo não conta. Está certo, mas todos os meus amigos que gostam do rival não são cegos, e eu sei que viram. Tal como o jorge jesus, com letra minúscula porque ontem foi hipócrita. 

O Sporting vai jogar no estádio da Luz no seu melhor da época, ou diga-se, no momento menos mau, a saber que pode chegar ao 5º lugar com dois pontos de vantagem.

Tal como escrevi antes, Paços de Ferreira e Vit. Setúbal venceram. Estava tudo preparado para ser uma noite bonita.

Mas não foi, apenas pelo resultado.

O Sporting não se encolheu contra o Benfica. Não teve medo nem jogou na defensiva, como o fez no jogo contra o FC Porto.

Como se a época não fosse suficientemente má, o Benfica foi eficaz e o Sporting queima duas alterações por lesão. Destes dois pontos ainda existe um pior, o Boulahrouz jogou mais uns minutos com a nossa camisola, tendo tempo para perder a bola que dá inicio à jogada do 2-0, muito bem conseguida.

Fico aborrecido porque se Dier não se magoa, provavelmente quem iria sair era o Joãozinho. 

Fico ainda mais aborrecido porque no banco ficaram Labyad e Carrillo. 

Mas acabo feliz, porque jogámos olhos nos olhos. Faltou-nos aquela jogada no ataque ou aquele passe. As coisas estão a melhorar. 

O Jesualdo Ferreira tem de continuar. Aconteça o que acontecer. 


Finalizo este post com tristeza, não pelo jogo, mas pela necessidade de foco de algumas pessoas. 

Para ser diferente, não basta dizer. É preciso ser. Se pensarem bem, conseguem encontrar algumas respostas para outras tantas perguntas.


Seja qual for resultado, seja na 2ª, 3ª ou 4ª divisão, a feijões ou a milhões....

...EU SOU SEMPRE DO SPORTING.

Saudações leoninas. 
   

Sem comentários:

Enviar um comentário