1906

1906

domingo, 9 de agosto de 2009

Benfica 1 - Milão 1 (5-4p)

Ontem o Benfica demonstrou mais uma vez que tem um bom onze, com ideias bem assimiladas e com plena capacidade de entrar na área de finalização. Sinceramente estou convencido que este o ano o Benfica vai ser muito forte, porém também foi possivel verificar que as ideias não chegam ao banco, pois com duas ou três alterações a equipa não corresponde ao esperado, algo a resolver por Jesus.
Quanto ao Milão demonstrou ser uma equipa muito abaixo do esperado. Mesmo faltando alguns jogadores importantes na equipa, Leonardo terá ainda muito trabalho pela frente.
Em relação ao jogo foi dominado pelo Benfica quase durante todo o tempo, sempre com vontade de atacar. Ao longo do jogo o Milão pouco fez e apenas na parte final consegui-o impor-se.
Depois do 90 minutos o jogo foi para as grandes penalidades onde Quim foi a figura ao defender quatro penaltis, e a festejar no fim de forma agressiva com os adeptos. Apesar de todas as razões existentes para este tipo de atitude foi um pouco despropositado.

Benfica:
Quim, Rúben Amorim, Luisão, Sidnei, David Luiz (Shaffer, 52), Javi Garcia (Yebda, 72), Ramires (Carlos Martins, 46), Di María (Fábio Coentrão), Aimar (Patric, 64), Saviola (Keirrison, 64), Cardozo (Weldon, 64);

Não utilizados:
Moreira, Júlio César, Roderick, Urreta, Nuno Gomes, Luís Filipe, Miguel Vítor;

AC Milan:
Storari; Zambrotta, Thiago Silva, Nesta (Onyewu, 79) e Favalli (Antonini, 73); Abate, Pirlo e Jankulovski; Di Gennaro (Ronaldinho, 56); Pato e Borriello;

Não utilizados:
Kalac, Oddo, Strasser, Zigoni e Ikande;

1-0, Cardozo (58); 1-1, Sidnei (87 p.b.)

Sem comentários:

Enviar um comentário